Brasão

No brasão portamos a Morte Alada, o Anjo da Morte, o Ceifador das Mil Faces, entidade presente em muitas das civilizações para nos lembrar que ela esta sempre a espreita, que desta ninguém consegue fugir e que devemos aproveitar a vida enquanto ela não vier para nos buscar.
A morte também simboliza, para nós, a igualdade: “Perante a morte somos todos iguais, de carne e osso, mortais”.
Para finalizar, suas asas simbolizam a liberdade que hoje em dia é conhecida e aproveitada por tão poucos.